Metropolis

Direção: Fritz Lang; Roteiro: Fritz Lang e Thea Von Harbou; Elenco Original: Alfred Abel, Gustav Frolich, Brigitte Helm e Rodolf Klein-Rogge; Trilha Sonora: Gottfried Huppertz; Gênero: Ficção Científica; Idioma Original: Mudo

O filme Metropolis é uma produção Alemã produzida em 1927. O Roteiro é baseado em um romance de Thea Von Harbou, escrito por ela em parceria com Lang. É demonstrado nele uma mecanização da vida industrial nos grandes centros urbanos, questionando a importância do sentimento humano perdido no processo. A valorização da cultura é expressa no filme através da tecnologia e, principalmente da arquitetura.

A trilha sonora de Gottfried Huppertz e uma das primeiras trilhas de filme – mudo composto especialmente de acordo com a narrativa do filme. Em março deste ano o filme abriu a temporada do Teatro Municipal do Rio de Janeiro em concerto da série Música e Imagem. O filme foi exibido com acompanhamento da Orquestra Sinfônica do Teatro Municipal.

 

Anúncios

Once

Direção e Roteiro: John Carney; Produção: Martina Niland; Elenco Original: Glen Hansard e Markéta Irglová; Gênero:Drama; País: Irlanda

O filme musical irlandês “Once” , produzido em 2007, é um drama naturalista estrelado pelos músicos Glen Hansard (banda de rock irlandesa “O Frames”) e Markéta Irglová (compositora e instrumentista nascida na República Checa), a maioria das canções originais do filme foram compostas por Hansard e Marketa. O filme foi um sucesso de bilheteria nos EUA.

A canção de Hansard e Markéta “Falling Slowly” ganhou o Óscar de melhor canção original e foi indicado ao Grammy de 2008. Música também cantada pelo vencedor do American Idol 08, Kris Allen.

Singles

Direção e Roteiro: Cameron Crowe; Elenco Original: Bridget Fonda, Campbell Scott, Kyra Sedgwick, Matt Dillon, Sheila Kelley, Jim True-Frost e Bill Pullman; Gênero: Drama/ Comédia; País: Estados Unidos. Nome do filme em português: “Vida de Solteiro”

Singles é uma produção Americana, lançado em 1992. Sua trilha sonora alcançou o topo das paradas três meses antes do lançamento do filme, ela foi lançada dia 30 de junho de 1992. Bandas como Pearl Jam, Alice in Chains e Soundgarden fazem parte da trilha sonora do filme. O Pearl Jam lçançou duas canções como “Breath” e “State of Love and Trust”. Paul Westerberg do The Replacements contribui também com duas músicas e compôs o tema do filme.

Across the Universe

Ficha Técnica

Direção: Julie Taymor

Roteiro: Julie Taymor, Dick Clement, Ian La Frenais

Elenco Original: Evan Rachel Wood. Jim Sturgess, Joe Anderson, Dana Fuchs, Martin Luther McCoy, T.V. Carpio

Genero: Musical

Ao mesmo tempo ousado, divertido e incrivelmente dramático, Across the Universe é um filme original musical surgido da imaginação da renomada diretora Julie Taymor  e dos roteiristas Dick Clement e Ian La Frenais (The Commitments). A história de amor ambientada no contexto da década de 1960, em meio aos anos turbulentos de protesto anti-guerra, exploração da mente e rock ‘n roll, o filme se move das docas de Liverpool ao universo criativo e psicodélico de Greenwich Village, das ruas tomadas pelos protestos em rasgada de Detroit aos campos de morte do Vietnã. Os amantes, Jude (Jim Sturgess) e Lucy (EvanRachel Wood), juntamente com um pequeno grupo de amigos e músicos, são atraídos pelos movimentos emergentes anti-guerra e da contracultura com “Dr.Robert” (Bono ) e “Mr. Kite” (Eddie Izzard) como seus guias. Forças turbulentas fora do controle deles acabam separando os dois jovens, obrigando Jude e Lucy -contra todas as probabilidades – para encontrar seu próprio caminho de volta para o outro.

A trilha sonora do filme é composta quase totalmente pelas canções dos Beatles, mas elas são interpretadas pelas personagens, então no filme você não irá ouvir a versão original das musicas.

Segue uma parte do filme da múscia “Come Together” interpretada por Joe Cocker e Martin Luther.

John Barry

 

John Barry com o prêmio BAFTA

12 de fevereiro de 2005 em Londres.

 

 

 

O post de hoje é sobre o maestro e compositor britânico John Barry Prendergast, conhecido por ter composto a maioria das trilhas dos filmes de James Bond, tendo assinado 11 delas, ele que criou todas as diretrizes para a música de James Bond, muito usadas pelos outros compositores que trabalham na série. O atual compositor de Bond, David Arnold é muito fã de Barry.

Barry recebeu seis vezes o Oscar com os filmes: “Born Free”, “O Leão do Inverno”, “Entre dois Amores”, “Dança com Lobos”, Perdidos na Noite” e “Cotton Club”. Recebeu também BAFTA com o filme “O Leão do Inverno” e Globo de Ouro com o filme “Out of Africa”

John Barry morreu em Nova York, nos Estados Unidos, em 30 de janeiro de 2011.

Segue um vídeo com partes do filme “Dança com Lobos” ao som da trilha sonora feita por John.

Almost Famous

Ficha Técnica

Diretor e Escritor: Cameron Crowe

Produzido por: Cameron Crowe e Ian Bryce

Lançamento: 15 Setembro de 2000

Produção musical: Nancy Wilson

 

 

 

 

 

O Post de hoje é sobre um filme chamado Almost Famous (em português Quase Famosos) lançado em 2000, é uma comédia-drama musical escrito e dirigido por Cameron Crowe, ele conta a história fictícia de um jornalista a escrever na adolescência para a revista Rolling Stone, quando cobria a banda fictícia Stillwater rock, o nome real da banda, e seus esforços para obter a sua reportagem de capa publicada pela primeira vez. O filme é semi-autobiográfico, como se o Crowe era uma escritor adolescente, para a Rolling Stone. Ele é baseado em histórias de Crowe em turnê com bandas de rock Poco, Allman Brothers Band, Led Zeppelin, The Eagles, Lynyrd Skynyrd, Elton John e os Stillwater real. Em um artigo da Rolling Stone, ele fala sobre como ele perdeu a virgindade, se apaixonou, e conheceu seus heróis, as experiências que são compartilhadas por William, o personagem principal no filme.
Apesar de falhar o break even, o filme recebeu críticas positivas e recebeu quatro indicações ao Oscar, um dos quais levou a um prêmio para Crowe por seu roteiro. Foi também agraciado com o Prêmio Grammy 2001 de Melhor ÁlbumCompilação de Trilha Sonora para Filme, Televisão ou Outra Mídia Visual. RogerEbert saudou-o o melhor filme do ano. Também ganhou dois Globos de Ouro, de Melhor Filme e Kate Hudson ganhou Melhor Atriz Coadjuvante.

A trilha sonora toda do filme é maravilhosa:

America – Simon and Garfunkel
Sparks – The Who
It Wouldn’t Have Made Any Difference – Todd Rundgren
I’ve Seen All Good People: Your Move – Yes
Feel Flows – The Beach Boys
Fever Dog – Stillwater
Every Picture Tells A Story – Rod Stewart
Mr. Farmer – The Seeds
One Way Out – The Allman Borthers Band
Simple Man – Lynyrd Skynyrd
That’s The Way – Led Zeppelin|
Tiny Dancer – Elton John
Lucky Trumble – Nancy Wilson
I’m Waiting For The Man – David Bowie
The Wind – Cat Stevens
Slip Away – Clarence Carter
Something In The Air – Thunderclap Newman

Segue uma parte do filme ao som de Tiny Dancer – Elton John

Fina Estampa

Uma novela de Aguinaldo Silva

Direção geral e de núcleo de Wolf Maya

Direção de Marcelo Travesso, Ary Coslov, Marcus Figueiredo, Claudio Boeckel e Marco Rodrigo

Elenco: Lilia Cabral, Christiane Torlone, Dalton Vigh, Caio Castro, dentre outros maravilhosos atores e atrizes

Você já reparou que a trilha de abertura da novela fina estampa é todinha instrumental?

Pois é, foi um pedido do próprio autor, Agnaldo Silva, que disse em seu twitter que fez esse pedido pra  sair do lugar comum das Gadus, Ritas e Carolinas. A abertura da novela sofrerá mudanças no decorrer da trama quando houver viradas importantes, então, não se assuste se um dia a cor do vestido mudar.

Mas, voltando a falar do que interessa, trilha sonora, a musica instrumental é um arranjo da canção que tem o mesmo nome da novela, que consta no disco de Caetano Veloso “Fina Estampa”, de 1994, mas a música, na verdade é da cantora e compositora peruana Chabuca Granda.

Os telespectadores noveleiros acharam muito estranho quando ouviram pela primeira vez, mas a novidade foi muito bem recebida e chegaram a conclusão que é uma música muito gostosa de ouvir.

Veja a vinheta de abertura da novela e ouça a maravilhosa trilha de abertura